Identifique os fatores de risco para o Diabete Mellitus.

Text_geovana_1

 

Diabetes Mellitus é uma doença decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade da insulina exercer adequadamente suas ações. Caracteriza-se por excesso de açúcar no sangue, alterações no metabolismo de carboidratos, gorduras e proteínas. Assim, principalmente o metabolismo da glicose é afetado. 
 
Existem tipos distintos de diabetes: tipo 1,2, gestacional e associada a outras doenças, desta forma, cada qual possui um determinado tratamento. 
 
Os sintomas, quando aparecem, são o aumento da sede (chamado polidipsia), aumento da fome (polifagia) excesso de urina (poliúria). Algumas das complicações crônicas mais comuns são: cansaço, fraqueza e perda de peso, confusão mental aguda, incontinência urinária, infecções freqüentes, dificuldade de cicatrização de feridas, formigamento, dormências, dores nas mãos e pernas e diminuição da visão. 
 
Alguns exames podem diagnosticar tal doença. Dentre estes se encontram: glicose no sangue e na urina e hemoglobina glicosilada. 
 
A glicose no sangue é feita através do teste da glicemia, já glicose na urina é diagnosticada via a não transferência dela para as células, assim, a glicose é filtrada pelos rins, encontrando-se  presente na urina. A hemoglobina glicosilada é um importante teste para avaliar a eficiência do tratamento a longo prazo, fato devido a medição da hemoglobina conjugada a glicose. 
 
O tratamento da maioria dos casos do tipo 1 baseia-se na aplicação de insulina. O tipo 2 pode ser tratado com uma alimentação saudável, exercício e perda de peso, podendo também  ser necessário o uso de medicamentos para controlar a glicemia. Deve-se ressaltar que a  diabete gestacional é causada pelo aumento do peso da mãe. 

Fone: (49) 3433-2900
Rua Celestino do Nascimento, nº 418
Centro - Xanxerê / SC

Fone: (49) 3445-5921
Rua Padre João Smedt, nº 1345
Centro – Abelardo Luz / SC

contato@laboratorioxanxere.com.br